Missão

Formação de Bacharéis em Administração por meio de conhecimentos, habilidades, valores e atitudes, para compreender os fenômenos e as situações organizacionais. Formar profissionais com visão estratégica e para enfrentar os desafios das rápidas transformações da sociedade, do mercado de trabalho e das condições do exercício profissional.

Mercado

Um profissional formado em Administração tem um leque de oportunidades nos mais variados setores. De acordo com o artigo 3° do decreto 61.934/67 que regulamenta a profissão, as áreas de atuação para este profissional englobam análises, estudos de campo, pesquisas, administração, planejamento, projetos, organização e outros.


O mercado de trabalho para o administrador de empresas está em expansão. A globalização dos mercados e a necessidade de ser ampliada à competitividade entre produtos que demandam de profissionais que tenham um sólido conhecimento em métodos organizacionais de gestão, na otimização dos sistemas produtivos, na minimização de custos e implementação de novos processos. 


Essas serão as características básicas de um mercado de trabalho que exige do profissional um elevado grau de competência para obter ganhos de qualidade e respeitabilidade, minimizando as incertezas reduzindo custos e ganhando mercado. O Administrador de empresas terá um mercado de trabalho aberto nas empresas públicas e privadas, nas cooperativas, nos escritórios de consultoria privado, nas Universidades, entre outros setores de mercado. 


Atualmente é imprescindível estar bem informado, acompanhando não só as mudanças técnicas, mas também as de sua área, se aprimorar constantemente, usar de flexibilidade, fidelidade, correção de conduta e boas maneiras. Um comportamento ético atrelado ao conhecimento permanece ainda como fatores que levam ao sucesso.

Egresso

Um profissional formado em Administração tem um leque de oportunidades nos mais variados setores. De acordo com o artigo 3° do decreto 61.934/67 que regulamenta a profissão, as áreas de atuação para este profissional englobam análises, estudos de campo, pesquisas, administração, planejamento, projetos, organização e outros.


O mercado de trabalho para o administrador de empresas está em expansão. A globalização dos mercados e a necessidade de ser ampliada à competitividade entre produtos que demandam de profissionais que tenham um sólido conhecimento em métodos organizacionais de gestão, na otimização dos sistemas produtivos, na minimização de custos e implementação de novos processos. 


Essas serão as características básicas de um mercado de trabalho que exige do profissional um elevado grau de competência para obter ganhos de qualidade e respeitabilidade, minimizando as incertezas reduzindo custos e ganhando mercado. O Administrador de empresas terá um mercado de trabalho aberto nas empresas públicas e privadas, nas cooperativas, nos escritórios de consultoria privado, nas Universidades, entre outros setores de mercado. 


Atualmente é imprescindível estar bem informado, acompanhando não só as mudanças técnicas, mas também as de sua área, se aprimorar constantemente, usar de flexibilidade, fidelidade, correção de conduta e boas maneiras. Um comportamento ético atrelado ao conhecimento permanece ainda como fatores que levam ao sucesso.

Objetivo

O curso de Administração da Faculdade Evangélica tem por objetivo formar Bacharéis em Administração com capacidade de pensar corretamente e intervir de modo competente no ambiente, tendo presente as seguintes filosofias educacionais:


» Preparar e capacitar o aluno para o mercado de trabalho, dando-lhe condições de desenvolver com competência e desenvoltura uma atividade profissional;


» Produzir e transmitir conhecimentos, garantindo mais qualidade ao ensino na área de Administração, por meio de avaliações, revisões e reestruturação do currículo, compreendendo o conceito de projeto pedagógico do curso de Administração (currículo) como um processo, o que significa movimentação interna do curso na busca de sua identidade;


» Trabalhar uma abordagem inovadora para o curso de Administração, integrando todos os segmentos da sociedade ou autores que devem estar envolvidos no processo, definindo uma política de estágio profissional que sintetize essa postura;


» Manter permanentemente a discussão do tipo de profissional a ser formado, avaliando permanentemente o papel social da instituição em termos de avanço na compreensão da sociedade contemporânea, das estruturas organizadas nos setores privados e públicos;


» Propiciar uma visão multidisciplinar e interdisciplinar dos fenômenos administrativos, com domínio sobre a ciência, a técnica e os instrumentos do campo profissional;


» Preparar profissionais gestores de organizações, analíticos da realidade, para criar, liderar, tomar decisões, negociar, criticar, pesquisar e promover mudanças de paradigmas organizacionais;


» Superar a dicotomia teoria versus prática, estimulando os alunos a aplicar seus conhecimentos nas organizações e oferecendo atividades de estágio supervisionado como forma de solidificar esta integração;


» Proporcionar uma formação humanista, buscando o resgate da ética nas relações pessoais e profissionais, enfatizando o respeito pelo ser humano e pelo meio ambiente e valorizando a qualidade de vida no trabalho e na comunidade;


» Sensibilizar os discentes para os aspectos políticos e éticos do exercício profissional.