Documento sem título

Missão

Formação de Bachareís em Engenharia da Produção, com desenvoltura tanto na área técnica como na área gerencial, desenvolvendo ao longo do curso, ferramentas tecnológicas facilitadoras para que possam ser empregadas no dia a dia do profissional nas principais etapas de um projeto de sistemas/produtos/processos (tais como modelamento, equacionamento matemático, elaboração de protótipo, etc), além de ferramentas gerenciais (tais como planejamento, supervisão, elaboração e coordenação de projetos/serviços) e principalmente, desenvolver a ética e responsabilidade profissionais, absorvendo e desenvolvendo com facilidade as novas tecnologias, ferramentas e métodos aplicáveis na Engenharia de Produção.

 

Mercado

O perfil multidisciplinar deste profissional, que tem sólida base matemática e é treinado para encarar problemas de maneira global, abre o leque de opções de trabalho. Este engenheiro entende de todo o processo produtivo, e por isso tem uma vaga garantida não apenas na indústria, mas também em empresas prestadoras de serviço, lojas de varejo, área de turismo, finanças, telecomunicação e saúde. A maioria das vagas está no Sudeste e no Sul. Mas a instalação de indústrias no Ceará e em Pernambuco abre o mercado nordestino. Merece destaque, ainda, o Centro-Oeste e o interior paulista, com a agroindústria.

Egresso

O engenheiro de Produção deve ter a capacidade de identificar, caracterizar e tratar adequadamente as formas de criação de valor associadas aos espaços econômico, político e cultural. Entender a produção e alocação de bens e serviços por agentes privados e públicos no plano econômico e político, nas esferas do Legislativo, Executivo e Judiciário, desenvolver a capacidade de abordar os problemas do país e sua inserção no contexto mundial, incluindo o papel em instituições como o Mercosul, a Organização Mundial do Comércio, a Organização Internacional do Trabalho .

Objetivo

» Planejar projetos de produto e de fábrica;

» Executar e avaliar projetos de produto e de fábrica;

» Modelar processos e sistemas produtivos;

» Otimizar processos e sistemas produtivos;

» Gerenciar a produção, incluindo contabilidade e custos;

» Planejar a produção;

» Controlar a produção;

» Desenvolver estudos de viabilidade técnico-financeira;

» Coordenar estudos de viabilidade técnico-financeira;

» Implantar e gerenciar programas e sistemas de qualidade e redução de custos;

» Desenvolver sistemas computacionais para apoiar as funções acima;

» Desenvolver novas tecnologias e métodos úteis à área e à profissão;

» Promover o autodesenvolvimento pessoal, buscando continuamente novos conhecimentos;

» Liderar mudanças na sociedade visando o bem-estar da população em geral;

» Dimensionar e integrar recursos físicos, humanos e financeiros a fim de produzir, com eficiência e ao menor custo, considerando a possibilidade de melhorias contínuas;

» Utilizar ferramental matemático e estatístico para modelar sistemas de produção e auxiliar na tomada de decisões;

Projetar, implementar e aperfeiçoar sistemas, produtos e processos, levando em consideração os limites e as características das comunidades envolvidas;

» Prever e analisar demandas, selecionar conhecimento científico e tecnológico, projetando produtos ou melhorando suas características e funcionalidade;

» Incorporar conceitos e técnicas da qualidade em todo o sistema produtivo, tanto nos seus aspectos tecnológicos quanto organizacionais, aprimorando produtos e processos, e produzindo normas e procedimentos de controle e auditoria;

» Prever a evolução dos cenários produtivos, percebendo a interação entre as organizações e os seus impactos sobre a competitividade;

» Acompanhar os avanços tecnológicos, organizando-os e colocando-os a serviço da demanda das empresas e da sociedade;

» Compreender a interrelação dos sistemas de produção com o meio ambiente, tanto no que se refere a utilização de recursos escassos quanto à disposição final de resíduos e rejeitos, atentando para a exigência de sustentabilidade;

» Utilizar indicadores de desempenho, sistemas de custeio, bem como avaliar a viabilidade econômica e financeira de projetos.